top of page

Marquito protocola o projeto de lei Morte Zero para Ciclistas

Marquito segura sua bicicleta em frente ao rio sangradouro

O deputado Marcos José de Abreu – Marquito (Psol) protocolou o primeiro projeto de lei do ano na Assembleia Legislativa de Santa Catarina: o projeto de lei Morte Zero para Ciclistas. O principal intuito da iniciativa é garantir a segurança de ciclistas, reduzindo por completo as ocorrências fatais no trânsito.


A elaboração do projeto vem ao encontro da necessidade de alteração de duas leis existentes: n.º 15.168/2010, que dispõe sobre a infraestrutura e equipamentos de segurança e acessibilidade para as formas de mobilidade não motorizadas; e n.º 17.681/2019, que dispõe sobre a criação do Sistema Cicloviário no estado de Santa Catarina.


O projeto visa, principalmente, a execução do Sistema Cicloviário Estadual por meio de sete medidas que englobam a infraestrutura, campanhas educativas, apoio a elaboração de planos cicloviários pelos municípios e exigência de treinamento para condutores de veículos coletivos.


Uma das mudanças de infraestrutura que está prevista, por exemplo, é a instalação de sinalizações verticais e horizontais indicando a presença de trânsito de ciclistas. Onde houver escolas, unidades de saúde, centros de convivência e derivados, a sinalização também deverá ser adotada visando a travessia segura a pessoas de todas as idades, em qualquer condição física.


“O direito dos ciclistas à mobilidade na cidade com segurança é uma pauta que nos acompanha desde antes dos trabalhos na Câmara de Vereadores e na Assembleia Legislativa. Mas é através do ambiente legislativo que não mediremos esforços para melhorar a gestão estadual no que diz respeito à segurança dos ciclistas”, destaca Marquito.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page