Buscar
  • Mandato Agroecológico

Gabinete agroecológico e o isolamento social!




Momentos de crise são, sempre, momentos de incertezas. Nos momentos de incertezas, o melhor a ser feito é buscar informações em lugares de notório saber e agir conforme a orientação de organizações que tenham a ciência como paradigma.


Nesse sentido, com a crise instaurada pela Covid-19, de nível sanitária, econômica e de valores, o mandato agroecológico do vereador Marquito, decide por se pautar e agir conforme as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS).


Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS, em seu pronunciamento no dia 30 de março, afirma que o isolamento social “é a única opção que temos para derrotar esse vírus", e acrescenta: "É vital respeitar a dignidade do próximo. É vital que os governos se mantenham informados e apoiem o isolamento. Os governos precisam garantir o bem-estar das pessoas que perderam sua renda”.


Focados nesses dois pontos – isolamento social e a necessidade de os governos garantirem condições básicas de sobrevivência aos cidadãos em geral, nesse momento de pandemia – nós, do mandato agroecológico, escrevemos e publicamos no dia 19 de março nosso manifesto contendo a “Proposta do Mandato Agroecológico, na Perspectiva do Direito Humano à Alimentação adequada e a Intersetorialidade da Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional para estes Tempos de Crise”.


Esse manifesto veio junto com um conjunto de ações que apontam para o caminho de minimizar os problemas causados pela Pandemia: várias indicações, solicitações, articulações e dois Projetos de Lei aprovados, o PL 18039/2020 que cria o Cadastro Municipal Emergencial para os Períodos de Endemia, Epidemia e Pandemia; e o PL 17580/2018 que visa oportunizar a venda direta de pescados frescos provenientes de pescadores artesanais e maricultores familiares para restaurantes e similares. Para ter acesso as ações do mandato nesse período, acesse https://www.marquitoagroecologia.com .


Para todas essas ações acontecerem, nós do mandato agroecológico trabalhamos bastante, e continuamos a trabalhar. Desde o dia 18 de março, com o Decreto Municipal número 21.347 de 2020 que indica a medida de distanciamento social para os servidores dos órgãos municipais, esse intenso trabalho foi realizado completamente da casa de cada um dos integrantes do mandato.


Foi então que instituímos um gabinete emergencial, em diálogo com o Poder Executivo e a sociedade, no intuito de construir um plano de ação de enfrentamento da pandemia, com ações de saúde, segurança alimentar e nutricional, assistência social, educação e cultura.

Esse gabinete emergencial demanda da equipe, além das ações propostas pelo manifesto contendo as propostas para os tempos de crise, e a avaliação e monitoramento constante desse manifesto, várias ações cotidianas. Algumas podemos citar aqui: • Participações em todas as reuniões da Câmara, como as sessões, as Frentes Parlamentares e Comissões; • Reuniões periódicas de equipe; • Reuniões dos diversos Fóruns, coletivos, grupos que o mandato participa; • A construção do projeto “Plantio Agroecológico”, com um calendário diário de atividades e encontros; • Reuniões com grupos e coletivos na frente de apoio à construção do Restaurante Popular e Cozinhas Comunitárias; • Apoio as várias redes de solidariedade; • Ciclo de conversas temáticas virtuais com convidados diversos, as chamadas “lives”; • Todas as demandas que cada membro da equipe recebe diariamente.


No meio de tanto trabalho, a nosso ver completamente necessário e urgente para o momento, cada componente da nossa equipe lida, cotidianamente, com as consequências das incertezas citadas lá o início desse texto. Lida também com as consequências do isolamento social, como a falta de ônibus e a falta de aula nas redes de ensino, o que faz alguns da equipe ter que realizar jornada tripla: o trabalho do mandato, o trabalho na casa e o cuidado com as crianças.


Sabemos do privilégio de estarmos dentro de casa, com a possibilidade de trabalhar com segurança. Sabemos também que o mesmo não acontece com uma enorme e crescente quantidade de pessoas em vulnerabilidade social. Temos muito ainda o que fazer!

No dia 4 de maio, em uma ação de afrouxamento da medida de distanciamento social, o presidente da Câmara Municipal de Florianópolis liberou, para o gabinete, que assim quisesse, a possibilidade de trabalho presencial, no prédio da Câmara. Essa possibilidade é facultativa e admite apenas duas pessoas ao mesmo tempo no gabinete, indicando uma escala de trabalho.


O gabinete agroecológico vem a público afirmar que nossa decisão é continuar o trabalho de forma remota, contribuindo ainda com o isolamento social. Essa decisão é diariamente reavaliada pela equipe e se pauta em dois motivos: 1- Estamos agindo conforme a orientação de organizações que tenham a ciência como paradigma, a Organização Mundial da Saúde. 2- Estamos completamente convencidos da efetividade do trabalho do Gabinete Emergencial, como auxílio no combate aos problemas causados pela Pandemia.


#mandatoagroecologico #coronavirus #isolamentosocial

0 visualização

"Por um mundo onde caibam vários mundos, onde todos os seres (humanos e não humanos) possam desfrutar de uma vida digna." 

CONTATO >

T: (48) 3027-5812

E: marquitopsol@gmail.com

© 2023 por Mandato Agroecológico.